sexta-feira, 5 de setembro de 2008

Empinar pipas, só longe de rede elétrica



Férias é tempo de diversão. Sem as aulas, as crianças têm mais tempo para ficar ao ar livre, correr e brincar. E um dos mais divertidos e acessíveis brinquedos são as pipas.
Coloridas, elas chamam a atenção de todos. Mas por incrível que pareça esse inocente brinquedo pode se tornar uma arma mortal.
As companhias de energia elétrica de todo o país registram anualmente aumento de acidentes envolvendo pipas.
O uso do cerol na linha torna a situação ainda mais perigosa. Ele pode cortar a camada de borracha dos cabos e expor os fios criando uma transferência de energia.
Só neste ano, em São Paulo, três pessoas já morreram eletrocutadas por causa de acidentes com pipa. Seja por utilizar materiais condutores na construção do brinquedo, seja por tentar imprudentemente retirar as pipas que ficaram enroladas nos cabos de energia.
Um acidente elétrico pode deixar seqüelas como queimaduras, amputação de membros e até causar a morte.
Nos meses de férias, os chamados para restabelecer a eletricidade nos bairros aumenta 13% só por causa delas.
Assim, para que as férias não fiquem sem luz ou brincadeira vale o aviso: pipa sim, mas longe da rede elétrica!

http://poupaclique.ig.com.br/igcidadania/

Arquivo do blog